06/11/2010

ENEM: resultados comparáveis entre 2009 e 2010

Estudantes e candidato ao ENEM. Vocês sabem que os resultados dos estudantes do ENEM 2009 podem ser comparados com os resultados de 2010? Graças à metodologia de equalização pela Teoria de Resposta ao Item (TRI) utilizada pela avaliação. Como funciona?

Os resultados do ENEM 2009 foram inseridos em uma escala que varia de 0 a 1000. Ninguém tira zero, ninguém tira mil, portanto, varia na prática de 100 a 900. 

Esse ano o INEP fez dois pré-testes com estudantes do Ensino Médio. 

Em um pré-teste, uma grande quantidade de itens é aplicada. Cada um dos cadernos é composto por uma maioria de itens novos e por alguns itens comuns com a última avaliação, no caso, com o ENEM 2009. Qual o objetivo do pré-teste? Avaliar os itens e não as pessoas.

Com itens comuns à avaliação 2009 do ENEM, houve a possibilidade de avaliar as características dos itens do pré-teste, ou seus parâmetros (discriminação, dificuldade e probabilidade de acerto ao acaso), na mesma escala (de 0 a 1000 e com o mesmo tamanho de unidade de medida) do ENEM. Os itens e suas características são armazenados no Banco Nacional de Itens do INEP.

Ao construir as provas, o ENEM utiliza apenas itens pré-testados e prezam pela sua não-modificação, já que modificações substanciais poderiam alterar suas características. Assim, os testes do ENEM 2010 foram compostos por itens com suas características estimadas na mesma escala de 2009.

Em síntese:
ENEM 2009 -> Pré-teste 2010 -> ENEM 2010

Um estudante que prestou o ENEM 2009 e o ENEM 2010 pode comparar sua evolução e verificar, com base na variação de sua nota, o quanto melhorou quanto a sua proficiência. Espero que você não tenha precisado prestar os dois exames, mas, se for o caso, a sua evolução entre esses anos pode ser calculada.

O presente artigo é apresentado como uma evidência da relevância da TRI como metodologia para avaliações educacionais como o ENEM.

Frederico Neves Condé
Psicométrica Consultoria e Pesquisa
@psicometrica no Twitter

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget